Capítulo 6. Perguntas e Respostas

6.1. Que ficheiros de configuração é que o KAlarm utiliza?
6.2. Onde é que o KAlarm grava os seus alarmes?
6.3. Em que formato estão guardados os alarmes?
6.4. O que é o programa kalarmautostart?
6.5. Como é que uso o KAlarm num ambiente de trabalho que não o Plasma™?

6.1.

Que ficheiros de configuração é que o KAlarm utiliza?

O kalarmrc na pasta qtpaths --paths GenericConfigLocation contém as preferências do seu KAlarm.

6.2.

Onde é que o KAlarm grava os seus alarmes?

Os nomes dos ficheiros de calendários que o KAlarm cria, da primeira vez que é executado, são os seguintes:

  • O kalarm/calendar.ics, na pasta qtpaths --paths GenericDataLocation. contém os alarmes activos.

  • O kalarm/expired.ics, na pasta qtpaths --paths GenericDataLocation. contém os alarmes arquivados.

  • O kalarm/template.ics, na pasta qtpaths --paths GenericDataLocation. contém os modelos de alarmes.

Poderá descobrir os ficheiros de calendários que estão a ser usados de momento, vendo os detalhes de cada calendário na lista de calendários de alarmes. Os nomes dos ficheiros são gravados no ficheiro de configuração do calendário de alarme.

Os detalhes dos alarmes que estão visíveis de momento são guardados no ficheiro de calendário kalarm/displaying.ics na pasta qtpaths --paths GenericDataLocation.

6.3.

Em que formato estão guardados os alarmes?

Os ficheiros de calendário em que o KAlarm guarda os seus alarmes são ficheiros de texto, cujo formato está definido pelo documento RFC2445 - Internet Calendaring and Scheduling Core Object Specification (iCalendar). Este é o formato-padrão que é usado em todas as aplicações do 'kdepim'. O KAlarm usa certas propriedades fora da norma no componente do Alarme, em relação ao RFC2445. Estas estão documentadas no ficheiro DESIGN.html que é distribuído com o KAlarm.

6.4.

O que é o programa kalarmautostart?

O kalarmautostart é um pequeno programa auxiliar, cuja função é iniciar automaticamente o KAlarm no início da sessão.

O KAlarm é reposto normalmente pelo gestor de sessões no início de uma sessão (para mostrar de novo as suas janelas no mesmo estado em que estavam antes de encerrar a sessão anterior). Se não estava em execução quando encerrou a sessão, não será iniciado pelo gestor de sessões, pelo que terá de ser iniciado automaticamente. O problema é que, quando uma aplicação inicia automaticamente e é gerida pelo gestor de sessões, não há garantia do que irá ocorrer primeiro. Se o arranque automático aparecer primeiro, irá impedir que o gestor de sessões reponha o estado da aplicação.

Para evitar este problema, o kalarmautostart é iniciado automaticamente no início da sessão, em vez do KAlarm. Tudo o que este faz é esperar durante algum tempo (para garantir que o gestor de sessões tem tempo para a sua tarefa) antes de iniciar o KAlarm, onde nessa altura termina.

6.5.

Como é que uso o KAlarm num ambiente de trabalho que não o Plasma™?

Para correr o KAlarm num ambiente de trabalho não-Plasma™, o requisito principal é garantir que o KAlarm é corrido automaticamente sempre que você iniciar uma sessão. Poderá obter instruções mais detalhadas no ficheiro INSTALL que é distribuído com o KAlarm.