Editor

Editor

Escolha o editor que deseja executar quando o Okular quiser abrir um arquivo-fonte. Esse é o caso de documento que possui referências para os vários pontos (normalmente o número da linha e coluna) do fonte de onde foi gerado. O formato DVI suporta nativamente a adição de informações sobre o fonte do documento em LaTeX, a partir de onde foi gerado. Existe um sistema semelhante para os documentos em PDF chamado pdfsync, que armazena estas informações adicionais em um arquivo externo, com o nome baseado no arquivo PDF propriamente dito (por exemplo, meudocumento.pdfsync para meudocumento.pdf).

O Okular vem com configurações predefinidas para os seguintes editores: Kate, Kile, SciTE, Emacs client, LyX client, TeXstudio e TeXiFy IDEA.

Nota

Para usar a pesquisa inversa no Kile, você terá que compilar o seu arquivo LATEX com a configuração Modern.

Comando

Este é o comando e seus parâmetros, para carregar o editor selecionado com o arquivo de origem real do documento.

Este campo será preenchido automaticamente se usar um dos editores pré-configurados. Caso contrário, escolha o Editor de textos personalizado na lista Editor e consulte a documentação do seu editor favorito para descobrir o comando adequado.

Você poderá usar os seguintes itens de substituição:

  • %f - o nome do arquivo

  • %l - a linha do arquivo a consultar

  • %c - a coluna do arquivo a consultar

Se não for indicado o '%f', então o nome do documento será adicionado ao comando indicado.