Movimento Retrógrado

John Cirillo

O Movimento Retrógrado é o movimento orbital de um corpo numa direcção oposta à normal nos corpos espaciais num dado sistema.

Quando se observa o céu, espera-se que a maioria dos objectos se pareça mover numa dada direcção com a passagem da hora. O movimento aparente da maioria dos corpos no céu é de Este para Oeste. Contudo, é possível observar um corpo a mover-se de Oeste para Este, como por exemplo um satélite artificial ou uma nave que esteja a orbitar em direcção a Este. Esta órbita é considerada um Movimento Retrógrado.

O Movimento Retrógrado é muitas vezes usado como referência para o movimento dos planetas exteriores (Marte, Júpiter, Saturno e assim por diante). Ainda que estes planetas se pareçam mover de Este para Oeste numa base nocturna em resposta à rotação da Terra, eles estão a desviar-se lentamente para Este em relação às estrelas estacionárias, o que poderá ser observado se anotar a posição destes planetas durante várias noites seguidas. Este movimento é normal para estes planetas, contudo, e não é considerado um Movimento Retrógrado. Contudo, dado que a Terra termina a sua órbita num período de tempo mais curto que esses planetas exteriores, normalmente vê-se um planeta exterior como um carro mais rápido numa auto-estrada com várias faixas. Quando isto ocorre, o planeta que está a passar irá parecer parar primeiro o seu desvio para Este e irá parecer que se desloca de volta para Oeste. Isto é o Movimento Retrógrado, dado que está numa direcção oposta à típica dos planetas. Finalmente, à medida que a Terra se move para lá do planeta na sua órbita, este parecerá continuar o seu desvio normal de Oeste-para-Este nas noites sucessivas.

Este Movimento Retrógrado dos planetas confundia os antigos astrónomos Gregos e foi uma razão pela qual eles nomeavam estes corpos de planetas o que em Grego significa viajante.