Criar e Manipular Alarmes

Criar um Novo Alarme

Para criar um alarme novo, faça uma das seguintes acções, seleccionando depois o tipo do alarme na lista que aparece. Isto mostra a janela de Edição do Alarme através da qual irá configurar o alarme.

  • Seleccione FicheiroNovo.

  • Carregue com o botão direito no ícone da bandeja do sistema e escolha Novo Alarme no menu de contexto.

  • Carregue com o botão direito do rato na lista de alarmes e escolha Novo no menu de contexto.

Em alternativa, poderá criar alarmes novos pré-configurados a partir de várias fontes:

  • Para basear o seu novo alarme num modelo previamente definido, siga as instruções na secção de Modelos de Alarmes.

  • Para basear o seu alarme num existente, escolha o alarme existente e seleccione a opção FicheiroCopiar. Isto abre a janela de Edição do Alarme já preenchida com uma cópia dos detalhes do alarme seleccionado.

  • Para criar um alarme novo que mostre uma mensagem de e-mail existente, arraste a mensagem do KMail para a janela principal do KAlarm ou para o seu ícone na bandeja do sistema. Depois, seleccione a opção Alarme Visível. Isto abre a janela de Edição do Alarme com a mensagem de e-mail completa (com o remetente, o destinatário, etc.) como texto do alarme.

  • Para criar um alarme novo que mostre uma mensagem de e-mail existente, arraste a mensagem do KMail para a janela principal do KAlarm ou para o seu ícone na bandeja do sistema. Depois, seleccione a opção Alarme de E-Mail. Isto abre a janela de Edição do Alarme com a mensagem de e-mail completa (com o remetente, o destinatário, etc.) como texto do alarme.

  • Para criar um alarme novo que mostre um resumo de um item por-fazer existente, arraste esse item do KOrganizer ou de outra aplicação para a janela principal do KAlarm ou para o seu ícone na bandeja do sistema. Isto abre a janela de Edição do Alarme com o conteúdo do item por-fazer como texto do alarme.

  • Para criar um alarme novo de comandos, arraste o texto de um programa que comece por #! para a janela principal do KAlarm ou para o seu ícone na bandeja do sistema. Depois, seleccione a opção Alarme de Comando. Isto abre a janela de Edição do Alarme com o texto do programa.

  • Para criar um alarme de visualização de um ficheiro, arraste um URL do mesmo para a janela principal do KAlarm ou para o ícone da bandeja do sistema. Isto abre a janela de Edição do Alarme e configura o nome do ficheiro.

  • Para criar um alarme de áudio, arraste um URL do mesmo para a janela principal do KAlarm ou para o ícone da bandeja do sistema. Isto abre a janela de Edição do Alarme e configura o nome do ficheiro.

  • Para criar um alarme de mensagem de texto, arraste qualquer texto para a janela principal do KAlarm ou para o seu ícone na bandeja do sistema. Depois, seleccione a opção Alarme Visível. Isto abre a janela de Edição do Alarme com o texto do alarme.

  • Você poderá criar automaticamente alarmes para os aniversários das pessoas que estejam no KAddressBook, como é descrito em Importar os Aniversários do KAddressBook.

Modificar um Alarme Existente

Para modificar um alarme pendente já existente (os alarmes expirados não poderão ser corrigidos), faça uma das seguintes coisas:

  • Carregue duas vezes no seu item na lista de alarmes.

  • Seleccione-o, carregando no item respectivo na lista de alarme. Depois seleccione a opção EditarEditar.

  • Carregue com o botão direito do rato no seu item da lista de alarmes e escolha a opção Editar no menu de contexto.

Isto mostra a janela de Edição do Alarme.

Apagar/Reactivar um alarme

Para apagar os alarmes existentes, seleccione um ou mais, carregando nos seus itens na lista de alarmes. Depois, faça uma das seguintes coisas:

  • Seleccione EditarApagar.

  • Carregue com o botão direito nos itens desejados na lista de alarmes e escolha a opção Apagar do menu de contexto.

  • Para os apagar sem qualquer mensagem de confirmação, carregue em Shift-Delete.

Quando você remove um alarme activo, este é guardado como um alarme expirado, desde que já tenha disparado pelo menos uma vez antes de ser removido, e desde que os alarmes expirados sejam guardados de todo. (Use a janela de Configuração para controlar se e durante quanto tempo os alarmes expirados serão guardados). Quando remover um alarme expirado ou um alarme activo que ainda não tenha disparado, este é removido de forma permanente.

Poderá reactivar um alarme removido na lista de alarmes expirados, desde que ainda não tenha expirado. Para o fazer, mostre primeiro os alarmes expirados, tal como está descrito em Alarmes Arquivados. Depois:

  • Seleccione um ou mais alarmes expirados, carregando nos itens respectivos na lista de alarmes. Depois, escolha a opção AcçõesReactivar.

  • Carregue com o botão direito nos itens desejados na lista de alarmes e escolha a opção Reactivar do menu de contexto.

Activar/Desactivar um Alarme

Veja a Activação/Desactivação dos Alarmes para saber como activar e desactivar os alarmes, quer individualmente quer como um todo.

Configurar um Alarme para Acordar da Suspensão

Veja em Acordar da Suspensão como configurar um alarme para reactivar o seu sistema a partir da suspensão ou hibernação.

Aceitar um Alarme

Veja a secção da Janela da Mensagem do Alarme para ver como aceitar os alarmes.

Modelos de Alarmes

Se deseja configurar com frequência alarmes semelhantes, poderá criar um modelo de alarmes para evitar ter de introduzir todos os detalhes do zero de cada vez. Um modelo poderá conter todos os detalhes que um alarme possa conter, à parte da hora de início.

Por exemplo, poderá querer configurar um alarme para o relembrar de um programa de televisão cuja hora varia de semana para semana. O modelo iria conter todos os detalhes do alarme (o texto da mensagem, se deverá tocar um som, etc.), exceptuando a data e hora. Depois, para criar o alarme, tudo o que teria de fazer seria carregar na janela de Edição do Alarme esse modelo e introduzir então a data e hora.

Para criar um alarme com base num modelo, abra a janela de Edição do Alarme, predefinida com os detalhes do modelo:

  • Seleccione a opção FicheiroNovoNovo a Partir de Modelo, seleccionando depois o modelo desejado.

  • Carregue com o botão direito do rato no ícone da bandeja do sistema e escolha a opção Novo AlarmeNovo Alarme de Modelo no menu de contexto. Depois, seleccione o modelo desejado.

  • Abra a janela de Edição do Alarme da forma normal e carregue no botão Carregar um Modelo... para seleccionar um modelo com o qual predefinir a janela.

Configurar os Modelos

O utilizador poderá criar, modificar ou remover modelos com a janela de Modelos de Alarmes ou poderá ainda criar um novo modelo de alarme com base num alarme existente.

Para criar um novo modelo de alarme, faço uma das seguintes operações:

  • Mostre a janela de Modelos de Alarmes, seleccionando a opção do menu FicheiroModelos... e carregando no botão Novo, escolhendo depois o tipo de alarme na lista que aparece. Isto irá mostrar uma janela de Edição do Modelo em branco.

  • Mostre a janela de Modelos de Alarmes, seleccionando a opção do menu FicheiroModelos..., seleccione um modelo existente e carregue em Copiar. Isto abre a janela de Edição do Modelo já preenchida com uma cópia dos detalhes do modelo seleccionado.

  • Seleccione um alarme na lista e escolha a opção FicheiroCriar um Modelo.... Isto abre a janela de Edição do Modelo já preenchida com uma cópia dos detalhes do alarme seleccionado.

Para modificar um modelo existente, mostre a janela de Modelos de Alarmes, seleccionando a opção FicheiroModelos... e carregando em Editar. Isto irá mostrar a janela de Edição do Modelo, a qual é descrita em baixo.

Para remover os modelos existentes, mostre a janela de Modelos de Alarmes, seleccionando a opção FicheiroModelos..., seleccione um ou mais modelos e carregue em Remover. É apresentada uma mensagem de confirmação para evitar remoções acidentais.

Janela de Edição do Modelo

A janela de Edição do Modelo é semelhante à janela de Edição do Alarme. Só os seguintes controlos são diferentes:

  • Indique o nome do modelo no campo Nome do modelo. É o nome do modelo que é apresentado nas listas de selecção de modelos, por isso é melhor escolher um nome que o relembre da sua função. Cada nome do modelo deverá ser único.

  • No grupo Hora, seleccione uma das seguintes opções:

    • Tempo por omissão se não quiser indicar nenhuma hora para activação. Os alarmes baseados neste modelo irão usar a hora de activação por omissão para os alarmes novos.

    • Assinale a Hora para indicar uma hora em que o alarme será despoletado.

    • Assinale Apenas a data para indicar que o alarme só deverá ter uma data, sem nenhuma hora.

    • Assinale o Tempo a partir de agora para indicar quanto tempo (em horas e minutos) pode passar, após a criação do alarme, enquanto o alarme possa ser despoletado.

  • No grupo da Regra de Recorrência da página Recorrência, não é necessário escolher nenhum dia ou mês para as recorrências semanais ou anuais, respectivamente.

Calendários de Alarme

Se só usar um computador e trabalhar de forma independente, poderá não lhe interessar onde é que o KAlarm guarda os seus alarmes. Porém, se precisar de aceder aos alarmes em mais de um computador ou de uma localização no seu computador local, poderá definir calendários de alarmes para dizer ao KAlarm para usar outros calendários adicionais por omissão ou por substituição.

Poderá ver e manipular os calendários através da lista de calendários, que poderá ser apresentada ao lado da lista de alarmes, na janela principal do KAlarm. Os alarmes de todos os calendários aparecem reunidos em conjunto na lista de alarmes. Quando gravar um alarme novo, poderá definir uma opção de configuração para determinar se será gravado automaticamente no calendário predefinido ou se você será questionado para escolher um calendário. Quando editar um alarme existente, o mesmo é gravado de novo no seu calendário de alarmes original.


A janela principal a mostrar a lista de calendários

Tipos e Opções do Calendário

Os calendários dos alarmes são categorizados por tipo de alarme e de armazenamento. Estes poderão ser desactivados, colocados apenas para leitura ou colocados como predefinidos para o seu tipo de alarme.

Tipo de alarme

Os três tipos de entidades de alarmes – alarmes activos, alarmes arquivados ou expirados e modelos de alarmes – são gravados em calendários de alarmes separados. Como tal, o KAlarm tem três calendários predefinidos, um para cada tipo (veja as Perguntas e Respostas para mais detalhes), os quais poderá alterar se o desejar.

Tipo de armazenamento

O KAlarm lida com três tipos de armazenamento dos calendários de alarmes:

  • Ficheiro local: Os alarmes são guardados num único ficheiro local, no formato iCalendar. O KAlarm usa os calendários de ficheiros locais por omissão (veja as Perguntas e Respostas para mais detalhes). Os ficheiros locais, para além dos ficheiros no computador local, poderão incluir os calendários na rede local, desde que a sua localização possa ser representada por um caminho que comece por /.

  • Pasta local: Os alarmes são gravados numa pasta local, sendo cada um dos alarmes gravado num ficheiro iCalendar separado, dentro da pasta. Este método de armazenamento tem a vantagem de, no caso de corrupção do ficheiro, só irá perder um alarme, em vez de perder o calendário completo.

  • Ficheiro remoto: Os alarmes são gravados num único ficheiro remoto, no formato iCalendar. Este método de armazenamento permite-lhe aceder aos seus dados de alarmes de forma remota, independentemente do local onde esteja ou então activa os calendários dos alarmes, de modo a serem vistos por outras pessoas. Ao usar os ficheiros remotos, o KAlarm funciona com uma 'cache' local dos dados.

    Atenção

    Se um dado calendário de alarmes remoto estiver partilhado entre os utilizadores, as alterações feitas por uma pessoa poderão não ser disponibilizadas automaticamente para outro utilizador, ou então poderá ocorrer um atraso de tempo antes de o outro utilizador as ver. Como tal, um utilizador poderá fazer uma alteração que será substituída por outro utilizador, sem as outras pessoas darem pelas alterações. A razão técnica para isto acontecer é que uma alteração feita pela pessoa A só ficará disponível para a pessoa B, após a cópia em 'cache' do A ter sido gravada para o ficheiro remota, até que a cópia local da pessoa B seja actualizada. Se e quando o calendário é gravado, dependendo dos parâmetros de configuração do calendário que cada utilizador terá definido para esse calendário de alarmes.

    As formas de evitar este problema incluem o ajuste dos parâmetros de configuração da gravação e actualização do calendário, bem como a adopção de uma política em que os utilizadores, que não o dono do calendário, o possam abrir apenas para leitura.

Estado de activado/desactivado

A desactivação de um calendário tem o mesmo efeito que a sua remoção, com a diferença que aparece à mesma na lista de calendários, para uma simples reactivação. Quando estiver desactivado, os seus alarmes são ignorados e não aparecem na lista de alarmes ou na lista de modelos. Quando estiver reactivado, os seus alarmes voltam a aparecer e, se for um calendário de alarmes activo, os mesmos serão activados.

Estado apenas para leitura

Os alarmes de um calendário apenas para leitura não poderão ser modificados ou adicionados. Como tal, não poderá editar os seus alarmes ou gravar alarmes novos nele. Do mesmo modo, não é possível adiar os seus alarmes dado que, ao fazê-lo, a hora do adiamento teria de ser gravada no alarme. Depois de os seus alarmes tiverem sido despoletados, estes não são removidos do calendários e arquivados, somente quando você ou outro utilizador tiver acedido ao calendário no modo de leitura/escrita.

Poderá configurar o estado de 'apenas para leitura' de um calendário na janela de configuração do mesmo. Contudo, alguns calendários não poderão ser modificados, por várias razões:

  • Se um calendário tiver sido criado por outra aplicação, seria inseguro permitir ao KAlarm actualizá-lo, dado que as diferenças no formato de dados podê-lo-iam inutilizar pela aplicação que o criou.

  • Se o calendário tiver sido criado por uma versão posterior do KAlarm, os dados poder-se-ão perder, se a sua versão do KAlarm os actualizar.

  • Se o calendário tiver sido criado por uma versão anterior do KAlarm, os dados poder-se-ão perder ou corromper pela versão anterior do KAlarm, se a sua versão do KAlarm a actualizar. Será questionado se deseja converter o formato, para poder gravá-lo, tendo em mente os problemas potenciais de compatibilidade, se a versão anterior do KAlarm necessitar de aceder a eles de novo.

  • Se não tiver permissões para gravar no ficheiro ou pasta do calendário.

Se precisar de acesso de escrita para os alarmes num calendário que não possa atribuir essas permissões, você poderá copiar os seus alarmes, importando-os para um calendário com permissões de escrita, usando a opção do menu de contexto Importar... do último calendário (veja em Importar os Alarmes dos Calendários Externos).

Estado predefinido do calendário

O utilizador poderá predefinir um calendário para cada tipo de alarme, a título opcional. Os alarmes novos são gravados automaticamente no calendário predefinido, para o tipo de alarme apropriado, a menos que tenha seleccionado a opção de pergunta para os alarmes e modelos na janela de Configuração.

Usar os Calendários

Poderá ver e manipular os calendários na lista de calendários, a qual poderá aparecer ou ser escondidas com a opção VerMostrar os Calendários. Quando usar a lista de calendários, seleccione primeiro o tipo de alarme com a lista que está por cima desta. Depois, carregue num dos botões por baixo da lista ou carregue com o botão direito no calendário apropriado da lista, escolhendo de seguida um item do menu de contexto. As acções disponíveis são:

Adicionar...

Adiciona um calendário do tipo seleccionado à lista. Ser-lhe-á pedido para escolher um tipo para o armazenamento, pelo que se segue a janela de configuração do calendário, onde poderá indicar a localização do calendário, bem como as suas características. Se não existir nenhum calendário de alarmes no local indicado, será criado um novo.

Remover

Remove o calendário seleccionado da lista. O calendário em si é deixado intacto; simplesmente desaparece da lista, podendo ser instanciado de novo na lista, se o desejar.

Editar...

Edita o calendário seleccionado. Isto mostra a janela de configuração do calendário seleccionado.

Actualizar

Volta a carregar o calendário seleccionado. O calendário é lido de novo do seu local de armazenamento, garantindo que não existe nenhuma discrepância entre o que o KAlarm mostra e o estado actual do calendário. Se o calendário for partilhado com outros utilizadores, as alterações que eles façam serão vistas de seguida pelo KAlarm.

Atenção

Se voltar a carregar um calendário remoto, as alterações que faça desde a última gravação serão perdidas. Do mesmo modo, os alarmes que tiverem expirado desde a última gravação poderão ser despoletados de novo.

Gravar

Grava as alterações no calendário seleccionado. O calendário é actualizado com as alterações de alarmes que tiverem ocorrido desde a última vez que o calendário foi gravado ou actualizado. Isto só é útil para os calendários remotos, dado que os calendários locais são gravados automaticamente, após cada uma das alterações. Poderá configurar quando e como deseja gravar automaticamente um calendário remoto, usando a sua janela de configuração (com a opção do menu de contexto Editar...).

Atenção

Se gravar um calendário remoto que seja partilhado com outros utilizadores, todas as alterações que eles tenham feito, desde a última vez que você carregou o calendário (automaticamente ou manualmente), serão perdidas.

Importar...

Importa os alarmes de um ficheiro de calendário externo para o calendário seleccionado. Isto está descrito na secção Importar os Alarmes de Calendários Externos. Esta opção não está disponível para os calendários desactivados ou apenas para leitura.

Exportar...

Exporta todos os alarmes do calendário seleccionado para um ficheiro de calendário externo. Isto está descrito na secção Exportar os Alarmes para Calendários Externos. Esta opção não está disponível para os calendários desactivados.

Mostrar os Detalhes

Mostra os detalhes sobre o calendário seleccionado. Isto mostra a localização do calendário, bem como o tipo de armazenamento e a informação do estado.

Usar como Predefinido

Torna predefinido o calendário seleccionado para o tipo de calendário seleccionado. Esta opção não está disponível para os calendários desactivado ou apenas para leitura.

Mudar a Cor...

Seleccione uma cor de fundo para realçar os alarmes deste calendário na lista de alarmes. Isto permite-lhe ver imediatamente os alarmes que pertencem a um determinado calendário.

Limpar a Cor

Limpa o realce de cores para os alarmes deste calendário na lista de alarmes.

Importar Alarmes de Calendários Externos

Poderá importar os alarmes a partir de outros ficheiros de calendários para o KAlarm. A função de importação verifica o ficheiro de calendário seleccionado, à procura de eventos que contenham alarmes, copiando-os (com novos identificadores únicos) para o calendário do KAlarm. Os eventos sem alarmes, bem como os outros tipos de itens do calendário, serão ignorados. Existem duas formas de importar os alarmes:

  • Seleccione a opção FicheiroImportar Alarmes... para importar os alarmes de vários tipos (alarmes activos, arquivados e modelos de alarmes) do calendário.

    Se tiver configurado os calendários de alarmes, os alarmes de cada serão adicionados ao calendário predefinido apropriado, ou será questionado pelo calendário, se tiver seleccionado a opção de pergunta nos alarmes e modelos novos, na janela de Configuração.

  • Carregue com o botão direito num calendário da lista e escolha a opção Importar... do menu de contexto. Isto importa os alarmes do tipo seleccionado de momento para esse calendário. Por exemplo, se o tipo de calendário seleccionado for os modelos de alarmes, serão importados os modelos de alarmes (e não os alarmes activos ou arquivados).

Atenção

Se importar os alarmes a partir de ficheiros de calendários criados por aplicações que não o KAlarm, estes poderão ser alterados pelo processo de importação – as horas dos alarmes poderão inclusive mudar. Isto depende das convenções de armazenamento de dados usadas pela outra aplicação, e é inevitável desconhecer as diferenças dessas convenções face ao que o KAlarm está à espera. Verifique sempre os alarmes importados, à espera de alterações inesperadas, e ajuste-os se necessário.

Exportar Alarmes para Calendários Externos

Poderá exportar os alarmes do KAlarm para outros ficheiros de calendário, usando os alarmes seleccionados de momento na lista de alarmes ou todos os alarmes de um dado calendário. Os métodos para o fazer são indicados abaixo. Seja qual for o método, tanto poderá criar um ficheiro de calendário novo como adicionar os alarmes exportados a um ficheiro existente. Para adicionar os alarmes, assinale a opção Adicionar a um ficheiro existente na janela de selecção dos ficheiros; caso contrário, todos os ficheiros existentes serão substituídos.

  • Para exportar os alarmes seleccionados de momento na lista, carregue com o botão direito na selecção e escolha Exportar... no menu de contexto, ou use então a opção FicheiroExportar os Alarmes Seleccionados... no menu principal.

  • Para exportar todos os alarmes de um calendário, carregue com o botão direito num calendário da lista, e escolha Exportar... no menu de contexto.

Importar Aniversários do KAddressBook

O utilizador poderá configurar os alarmes para os aniversários que estão registados no KAddressBook, através da opção FicheiroImportar os Aniversários.... Isto mostra uma janela que lhe permitirá escolher os aniversários para os quais deseja criar alarmes.

  • No grupo Texto do Alarme, poderá configurar o texto a mostrar nas mensagens de alarmes dos aniversários. O texto da mensagem é criado através da combinação do texto do Prefixo seguido do nome da pessoa e do texto do Sufixo. Não são adicionados nenhuns espaços, por isso lembre-se de incluir os espaços necessários no Prefixo e no Sufixo.

    Nota

    Se alterar o texto do alarme, a lista de selecção dos aniversários será avaliada de novo.

  • Na lista Seleccione os Aniversários, seleccione as datas de aniversários para as quais deseja criar alarmes. Lembre-se que a lista só mostra os itens no KAddressBook que contêm um aniversário e que não têm já um alarme no formato definido de momento no grupo do Texto do Alarme.

  • Os controlos restantes são os mesmos que para os alarmes de Texto na janela de Edição do Alarme.

Se tiver configurado os calendários de alarmes, os alarmes de cada serão adicionados ao calendário predefinido apropriado, ou será questionado pelo calendário, se tiver seleccionado a opção de pergunta nos alarmes e modelos novos, na janela de Configuração.

Desfazer / Refazer

Poderá desfazer e refazer as alterações mais recentes que tenha feito durante a sessão actual do KAlarm. A maioria das acções poderá ser anulada, incluindo a criação, edição e remoção dos alarmes e modelos de alarmes, assim como a reactivação dos alarmes. Para evitar a utilização excessiva de recursos pelo histórico do Desfazer, o número de alterações armazenadas está limitado às últimas 12.

Para anular a última modificação, seleccione a opção EditarDesfazer. Para voltar a repetir a última alteração que foi anulada, seleccione a opção EditarRefazer.

Para anular uma modificação que não a última, carregue no botão Desfazer na barra de ferramentas e mantenha o botão pressionado. Irá aparecer uma lista das acções, na qual poderá escolher a que deseja anular. Se não ver a acção que está à procura, lembre-se que poderá necessitar de desfazer as alterações mais recentes em primeiro lugar, da qual a modificação desejada depende. Por exemplo, se tiver editado um alarme e depois removido o mesmo, não poderá anular a edição até que anule, em primeiro lugar, a remoção.

A repetição de uma modificação que não a última pode ser feita da mesma forma, usando o botão da barra de ferramentas para Refazer.