A janela de Edição do Alarme

A janela de Edição do Alarme permite-lhe ver e editar um alarme. Quando usar pela primeira vez o KAlarm, é apresentada uma versão simplificada da janela, com apenas um número pequeno de opções visíveis. Para ver todas as opções, carregue no botão Mais Opções; para reverter para a janela simplificada, carregue no botão Menos Opções. O KAlarm recorda sempre a sua última escolha apresentada, sempre que a janela de Edição do Alarme voltar a ser apresentada.

Pode configurar os valores predefinidos de muitas das opções na janela de Edição do Alarme com a página Editar da janela de configuração.


A janela simplificada de Edição do Alarme para um alarme visível

A janela simplificada de Edição do Alarme para um alarme visível



A janela de Edição de Alarmes para um alarme visível com todas as opções

A janela de Edição de Alarmes para um alarme visível com todas as opções


Acção do Alarme

Os controlos no grupo Acção poderão variar de acordo com o tipo de alarme a ser editado.

Alarmes Visíveis

Os alarmes visíveis mostram uma janela quando o alarme despoleta. Seleccione o método usado para gerar o conteúdo da janela de alarme, usando a lista no topo:

  • Texto para indicar o texto da mensagem de alarme (o qual poderá conter várias linhas) no campo de texto.

  • Conteúdo do ficheiro para indicar o nome ou o URL de um ficheiro de texto ou de imagem cujo conteúdo seja mostrado na janela da mensagem. Use o botão ao lado do campo de edição para aparecer uma janela de selecção de ficheiros. A opção Falar não está disponível para este tipo de alarme.

  • Resultado do comando para indicar que o texto da mensagem de alarme será gerado por um comando que é executado quando o alarme disparar. Veja abaixo em Alarmes por Comando para saber mais detalhes como introduzir o comando ou o programa a executar.

Os controlos disponíveis para os alarmes visíveis são:

  • A opção Som permite-lhe seleccionar se deseja despoletar um alarme audível quando a mensagem de alarme for apresentada. Escolha:

    • Nenhum para mostrar o alarme em silêncio.

    • Apitar para soar uma campainha.

    • Falar para que a mensagem de alarme seja sintetizada, assim como é apresentada. Esta opção só estará disponível se tiver o Jovie (do pacote 'kdeaccessibility') instalado e configurado, em conjunto com um sintetizador de fala compatível, isto é o Festival.

    • Ficheiro de som para tocar um ficheiro de áudio. Use o botão à direita para mostrar a janela do Ficheiro de Som, que lhe permite seleccionar o ficheiro a reproduzir e definir as opções do volume e de repetição. Se passar o rato por cima do botão, irá aparecer uma dica que lhe indica o ficheiro de áudio seleccionado de momento.

      Na janela do Ficheiro de Som:

      • Indique a localização do ficheiro de som, ou então use o botão ao lado do campo de edição para mostrar uma janela de selecção de ficheiros. Poderá ouvir o ficheiro seleccionado se carregar no botão de reprodução à esquerda do campo de edição. Esse botão irá então mudar de função para lhe permitir parar a reprodução quando já tiver ouvido o suficiente.

      • Assinale o Repetir para que o som seja repetido continuamente durante o tempo em que o alarme é mostrado. (A janela da mensagem de alarme contém um botão para parar de tocar o som, no caso de precisar de silêncio mas deseje manter o alarme visível).

      • Assinale o Volume e ajuste a barra deslizante se quiser ajustar o volume com que o ficheiro de áudio é tocado.

      • Se o desejar, poderá desvanescer o volume. Isto significa que o ficheiro de som começa a ser reproduzido com um determinado volume e vai mudando gradualmente para o volume final, dentro de um determinado intervalo de tempo específico. O volume final é o que será introduzido no Volume acima. Para activar a variação gradual, assinale a opção Desvanescer e escolha o período no qual isso acontece no campo Tempo de desvanecimento e ajuste a barra do Volume inicial.

      Dica

      Poderá usar o botão Tentar para testar os níveis de som seleccionados.

  • Use o botão do Tipo de Letra & Cor... para seleccionar um tipo de letra ou uma cor de texto ou de fundo para a mensagem de alarme. Na janela para Escolher o Tipo de Letra e Cor do Alarme, assinale a opção Usar o tipo de letra predefinido para mostrar a mensagem com o tipo de letra que estiver configurado por omissão na altura em que a mensagem for apresentada. (O tipo de letra por omissão pode ser configurado na janela de Configuração.) Para escolher um tipo de letra específico para a mensagem, desligue a opção Usar o tipo de letra predefinido.

    As cores seleccionadas são apresentadas no campo de texto da mensagem de alarme.

  • Use o botão Acções Especiais... para indicar os comandos a executar antes ou depois da apresentação do alarme. Na janela das Acções Especiais de Alarme:

    • No campo de Acção de pré-alarme, indique um comando a executar antes de mostrar o alarme. Lembre-se que o KAlarm espera que o comando termine antes de mostrar o alarme.

      Uma acção pré-alarme só é executada uma vez quando a mensagem de alarme é apresentada inicialmente, incluindo quando uma mensagem de chamada de atenção é substituída pela mensagem de alarme verdadeira. Não é executada em nenhuma das seguintes circunstâncias:

      • Quando é apresentada uma mensagem de chamada de atenção.

      • Quando a mensagem volta a ser apresentada após adiar o alarme, a menos que a opção Executar para os alarmes adiados esteja assinalada.

      • Quando a mensagem foi apresentada à hora em que você se desligou e é reposta quando você se ligar.

      • Quando um alarme recorrente é despoletado, mas a mensagem de alarme (ou a mensagem de um alarme adiado) de uma ocorrência anterior do alarme ainda estiver visível; por outras palavras, quando a ocorrência anterior do alarme ainda não tiver sido confirmada.

      A acção pré-alarme pode ser usada para controlar se deseja mostrar a mensagem do alarme:

      • Assinale a opção Cancelar o alarme em caso de erro para cancelar o alarme, caso o comando de pré-alarme devolva um estado de erro. Isto irá evitar que a mensagem de erro seja apresentada, assim como executar qualquer acção pós-alarme.

      • Normalmente, se o comando pré-alarme devolver um erro, aparece uma mensagem de alarme e aparece uma indicação do erro na lista de alarmes. Estas notificações de erros poderão ser evitadas se assinalar a opção Não notificar os erros.

    • No campo da Acção pós-alarme, indique um comando da consola a executar sempre que o alarme for aceite (quer ao carregar em Fechar quer usando o botão para fechar na barra de título da janela). Não é executada em nenhuma das seguintes circunstâncias:

      • Quando uma mensagem de chamada de atenção é fechada.

      • Quando adiar o alarme, excepto quando o alarme adiado for finalmente aceite.

      • Quando a mensagem de alarme for fechada por ter saído da sessão.

    Veja a descrição dos alarmes de Comandos em baixo para saber os detalhes com que os comandos são executados.

Alarmes de Comandos

Os alarmes por comandos executam um comando sem mostrar qualquer mensagem de alarme.

Nota

Este tipo de alarme não está disponível se o KDE estiver a correr em modo quiosque.

Quando o comando é executado, a variávle de ambiente KALARM_UID contém o UID do evento para o alarme. Lembre-se que, quando o comando é executado com o botão Tentar da janela de edição do alarme, o KALARM_UID estará em branco se for um alarme novo, ou se o alarme tiver sido modificado na janela, dado que o alarme só adquire um UID quando for gravado no calendário do alarme.

Os controlos disponíveis para os alarmes de comandos são:

  • A opção Introduzir um programa permite-lhe escolher se deseja introduzir um comando de consola ou um programa.

    Se esta opção estiver desligada, poderá introduzir uma instrução da linha de comandos de modo a executá-la. O comando é passado para a linha de comandos por omissão (definida pela variável de ambiente SHELL) e pode incluir quaisquer opções, parâmetros, comandos via 'pipes', etc., sendo tudo permitido numa única linha de comandos.

    Se esta opção for assinalada, poderá introduzir o texto de um programa a executar. Lembre-se de incluir uma primeira linha do tipo #!/bin/bash para garantir que o interpretador de comandos correcto é invocado.

  • Use o grupo do Resultado do Comando para indicar o que deseja fazer com o resultado para o terminal que o comando produza enquanto for executado.

    • Assinale a opção Executar numa janela de terminal para fazer com que o comando seja executado numa janela de terminal. Poderá escolher o tipo de janela de terminal que será usada na janela de Configuração.

    • Assinale a opção Registar num ficheiro para gravar o resultado do comando num ficheiro. O resultado, antecedido de um cabeçalho que mostra a hora em que o comando foi agendado para correr, será adicionada ao conteúdo existente no ficheiro. Indique o nome do ficheiro no campo de texto ou use o botão ao lado do campo de texto para mostrar uma janela de selecção de ficheiros.

    • Assinale a opção Esquecer para ignorar o resultado do comando.

Alarmes por E-Mail

Os alarmes por e-mail enviam um e-mail sem mostrar qualquer mensagem de alarme.

Preencha os endereços dos destinatários, a linha do assunto da mensagem e o corpo da mesma nos três campos de texto. Use o botão ao lado do campo dos endereçados para mostrar o seu livro de endereços do KDE, no qual poderá seleccionar os destinatários da mensagem. Os anexos poderão ser adicionados com o botão Adicionar.... Lembre-se que os ficheiros anexados precisam de existir quando o alarme for disparado; não é gravada nenhuma cópia na altura em que o alarme é configurado. Para remover um anexo, seleccione-o na lista e carregue no botão Remover.

Escolha as seguintes opções:

  • A lista De permite-lhe seleccionar a identidade do KMail a usar como endereço de e-mail para enviar a mensagem. Esta opção só aparece se o seu endereço de e-mail De na janela de Configuração estiver configurada para Usar as identidades do KMail. Caso contrário, o seu endereço de e-mail estará predefinido na janela de Configuração, tornando esta opção inútil.

  • Assinale a opção Copiar o e-mail para o próprio para enviar uma cópia implícita da mensagem para si próprio quando o alarme for despoletado. O endereço de e-mail para o qual será enviada a cópia pode ser definido na janela de Configuração, sendo o valor por omissão o seu endereço de e-mail, tal como está definido na Configuração do Sistema do KDE.

Alarmes de Áudio

Os alarmes de áudio tocam um ficheiro de áudio sem mostrar qualquer mensagem de alarme.

Escolha as seguintes opções:

  • Indique a localização do ficheiro de som, ou então use o botão ao lado do campo de texto, de modo a mostrar uma janela de selecção de ficheiros.

  • Assinale a opção Repetir para repetir de forma contínua o ficheiro de áudio, até que a opção Parar a Reprodução seja seleccionada. Para parar a reprodução do ficheiro, seleccione a opção do menu AcçõesParar a Reprodução ou carregue com o botão direito do rato no ícone da bandeja e seleccione a opção Parar a Reprodução no menu de contexto. Se o desejar, poderá definir uma tecla de atalho para esta acção.

  • Assinale o Volume e ajuste a barra deslizante se quiser ajustar o volume com que o ficheiro de áudio é tocado.

  • Se o desejar, poderá desvanescer o volume. Isto significa que o ficheiro de som começa a ser reproduzido com um determinado volume e vai mudando gradualmente para o volume final, dentro de um determinado intervalo de tempo específico. O volume final é o que será introduzido no Volume acima. Para activar a variação gradual, assinale a opção Desvanescer e escolha o período no qual isso acontece no campo Tempo de desvanecimento e ajuste a barra do Volume inicial.

Adiamento

Se o alarme for recorrente e se foi adiado depois de ter sido mostrado pela última vez, o grupo Alarme Adiado mostra a hora para a qual o alarme foi adiado. O Modificar... mostra uma janela que lhe permite alterar a hora do adiamento ou cancelá-lo.

Hora

No grupo da Hora, seleccione

  • Na data/hora se quiser introduzir a data e hora em que o alarme será disparado. Assinale a opção A qualquer hora para indicar apenas a data em que o alarme deverá ser despoletado: nesse caso, o alarme será apresentado na primeira oportunidade ou após a hora configurada para o início do dia, para a data indicada. (O Configurar o KAlarm descreve como configurar a hora do início do dia.)

    Para um alarme não-repetitivo, a data/hora que aqui indicar dever-se-á passar no futuro ou, se só indicar uma data, terá de ser hoje ou depois. Para um alarme repetitivo, não existem estas restrições dado que a data/hora de início será ajustada automaticamente para a primeira repetição que aconteça a seguir à hora actual.

  • Tempo a partir de agora para indicar quanto tempo ficará à espera (em horas e minutos) até que o alarme seja despoletado.

Escolha o fuso-horário a aplicar no alarme. Este fuso-horário é usado por todas as datas e horas relacionadas com este alarme, incluindo as datas e horas de repetição e de excepção. Normalmente, deverá deixar os controlos de fuso-horário sem alteração, a menos que tenha uma boa razão para os alterar.

Os controlos do fuso-horário só são apresentados quando o fuso-horário seleccionado é diferente do predefinido na janela de Configuração ou se carregar no botão Fuso-Horário....

  • Na lista respectiva, escolha o fuso-horário que este alarme irá usar. Ao criar um alarme novo, este é configurado inicialmente com o fuso-horário seleccionado na janela de Configuração, o qual será o seu fuso-horário, a menos que o tenha alterado.

  • Assinale a opção Ignorar o fuso-horário se quiser usar a hora do computador do local (no computador em que o KAlarm esteja a correr), ignorando os fusos-horários.

    Atenção

    Recomenda-se que não use esta opção se o alarme tiver uma repetição definida em horas e minutos; se o fizer, o alarme poderá ocorrer em horas inesperados, depois das mudanças de hora sazonais.

Chamada de Atenção

Para um alarme visível, assinale a Chamada de Atenção se quiser mostrar uma chamada de atenção antes do alarme principal e de cada uma das suas repetições (se existirem). Indique com que antecedência ou posteridade deseja, usando os controlos de edição por baixo da opção propriamente dita. Lembre-se que, se o alarme se repetir, o período da chamada de atenção está normalmente limitado a menos que o período de repetição ou sub-repetição.

Nota

As chamadas de atenção não são apresentadas para as sub-repetições dentro de uma recorrência. As chamadas de atenção só aparecem antes de cada recorrência principal do alarme.

Se o alarme se repetir, assinale a opção Chamada de atenção apenas para a primeira recorrência se desejar apenas uma chamada de atenção antes da primeira repetição do alarme. Se estiver assinalada, e se for uma chamada de atenção de avanço, o período da chamada de atenção não estará limitado a ser menor que o intervalo de repetição ou sub-repetição.

Cancelamento

As opções de cancelamento posterior determinam a forma como um alarme é tratado depois da sua hora agendada:

  • A opção Cancelar se atrasado indica o que acontece se o alarme não puder ser disparado à hora agendada.

    Assinale esta opção para cancelar o alarme, se não conseguir ser despoletado dentro de um determinado período de tempo após a hora agendada. O período de tempo é seleccionado com os campos que aparecem quando você assinalar a opção. Por exemplo, se indicar um período de tempo de 1 hora, o alarme será despoletado à primeira oportunidade que ocorrer até 1 hora após a hora exacta mas, se não conseguir ser disparado nesse período, a sua activação será cancelada.

    Nota

    O atraso dos alarmes apenas para datas, isto é os que tenham a opção A qualquer hora seleccionada, é calculado a partir da hora de início-do-dia na data agendada para o alarme.

    Deixe a opção desligada para despoletar o alarme à primeira oportunidade, a partir da hora agendada e independentemente do seu atraso.

    Nota

    Um alarme só poderá ser desencadeado enquanto você estiver ligado e tanto o X como o KAlarm estiverem em execução.

  • Assinale a opção Fechar automaticamente a janela ao fim deste tempo se quiser que a janela do alarme seja fechada automaticamente se continuar visível, na altura em que a hora de cancelamento tardio expirar.

Recorrência

Indique quando e como o alarme deverá ser repetido com a página de Recorrência.

Nota

A característica básica de repetição do alarme é mostrada por conveniência na página de Recorrência. O intervalo de repetição, tal como está configurado na página de Recorrência, é mostrado em primeiro lugar, seguido do intervalo de todas as sub-repetições, configurado com o botão de Sub-Repetição.

No grupo da Regra de Recorrência, indique o tipo de recorrência ou o período de tempo da seguinte forma:

  • Para disparar o alarme somente uma vez, seleccione Sem recorrência.

  • Seleccione Na autenticação para despoletar o alarme sempre que você se ligue, até à sua hora final agendada. Depois, na sua hora final, será despoletado uma última vez. (Lembre-se que um alarme repetido na autenticação será também despoletado de cada vez que você activar os alarme ou reiniciar o KAlarm.)

  • Para que o alarme se repita em intervalos regulares, seleccione um dos tipos de períodos e indique depois no campo Recorrência a cada quantos períodos de tempo deverão passar entre cada repetição. Por exemplo, para repetir em cada quinzena, poderá seleccionar Diariamente e indicar um valor igual a 14 ou seleccione Semanalmente e introduza um valor igual a 2. Dependendo do tipo de período de tempo seleccionado, poderá ter outras opções:

    • Para uma recorrência semanal, assinale cada dia da semana em que deseja activar o alarme.

    • Para uma recorrência mensal, poderá tanto indicar uma data fixa como uma posição (isto é a segunda Terça-Feira).

    • Para uma recorrência anual, tanto poderá escolher um dia fixo do mês ou uma posição dentro de um mês (isto é o último Sábado de Maio). Assinale cada mês do ano em que deseja activar o alarme.

      Se você tiver configurado repetições anuais para o 29 de Fevereiro, indique como é que estas serão tratadas nos anos não-bissextos, seleccionando a opção apropriada em Alarme do 29 de Fevereiro nos anos não-bissextos:

      • Nada: o alarme irá ocorrer a 29 de Fevereiro nos anos bissextos, mas será suprimido nos outros anos.

      • 28 de Fevereiro: o alarme irá ocorrer a 29 de Fevereiro nos anos bissextos e a 28 de Fevereiro nos outros anos.

      • 1 de Março: o alarme irá ocorrer a 29 de Fevereiro nos anos bissextos e a 1 de Março nos outros anos.

    Dica

    Para configurar um alarme diário para ocorrer apenas nos dias da semana, use uma recorrência semanal e assinale todos os dias da semana.

No grupo do Fim da Recorrência, configure a amplitude temporal de recorrência global da seguinte forma:

  • Seleccione Sem fim para continuar as repetições indefinidamente.

  • Seleccione Acabar ao fim de para indicar o número total de ocorrências do alarme.

  • Seleccione Acabar em para indicar a data/hora até à qual o alarme será repetido. Lembre-se que isto usa o mesmo fuso-horário que a hora inicial do alarme.

    Nota

    A data/hora do fim determina quando será a última recorrência principal, mas não limitas as sub-repetições. Se estas estiverem configuradas, irão despoletar normalmente após a última recorrência principal, independentemente da data/hora final.

O grupo Excepções permite-lhe excluir certas datas/horas da recorrência que tiver configurado. Lembre-se que estes controlos não aparecem na versão simplificada da janela de Edição do Alarme: para as ver, carregue em Mais Opções.

  • A lista de excepções (isto é, as datas/horas excluídas) é mostrada à esquerda. Para adicionar uma nova excepção, introduza uma data à direita e carregue em Adicionar. Para alterar uma excepção, seleccione-a na lista, indique a nova data à direita e carregue em Modificar. Para remover uma excepção, seleccione-a na lista e carregue em Remover.

  • Poderá restringir um alarme para não ocorrer nos feriados, se assinalar a opção Excluir os feriados. Isto não altera a forma como o alarme é agendado; simplesmente elimina o alarme sempre que este estiver agendado para despoletar após o horário de trabalho. O horário de trabalho é definida na janela de Configuração.

  • Poderá restringir um alarme para ocorrer apenas durante o horário de trabalho, se assinalar a opção Só durante o horário de trabalho. Isto não altera a forma como o alarme é agendado; simplesmente elimina o alarme sempre que este estiver agendado para despoletar após o horário de trabalho. O horário de trabalho é definida na janela de Configuração.

Sub-Repetição

Poderá também usar o botão de Sub-Repetição para configurar uma repetição dentro de outra repetição. Neste caso, sempre que chegar a hora de um alarme, tal como foi indicado na página de Recorrência, em vez de ser despoletado uma vez, será disparado repetidamente, de acordo com a sua indicação de repetição simples. Por exemplo, para configurar um alarme que se repita a todas as horas, desde o meio-dia até às 6 da tarde de todas as Quintas-Feiras, poderia usar a página de Recorrência para configurar uma repetição semanal às Quintas ao meio-dia e usar a janela de Repetição Simples para indicar um intervalo de 1 hora e uma quantidade igual a 7 ou uma duração de 6 horas.

Na janela de Sub-Repetição que aparece quando carregar no botão Sub-Repetição, assinale a opção Repetir a cada para configurar uma repetição ou desligue-a para remover as repetições. Se a opção Repetir a cada estiver assinalada, configure a repetição da seguinte forma:

  • Indique o intervalo de tempo entre as repetições nas opções ao lado de Repetir a cada. Seleccione as unidades de tempo desejadas (isto é dias) e indique depois o número de unidades.

  • Indique depois a quantidade de repetições ou a sua duração:

    • Seleccione o Número de vezes para indicar o número de repetições que o alarme deverá ter, incluindo a sua ocorrência inicial. Como tal, por exemplo, para que o alarme ocorra 4 vezes em cada ocorrência principal, isto é 3 vezes adicionais, deverá indicar 3 aqui.

    • Seleccione a Duração para indicar o período de tempo total, durante o qual o alarme deverá ser repetido. Este não precisa de ser um múltiplo exacto do intervalo de repetição; este será arredondado automaticamente quando você carregar em OK.

Nota

Para evitar a sobreposição de sub-repetições para o mesmo alarme, a duração de uma sub-repetição está restringida a ser menor que o maior intervalo entre recorrências principais. Sempre que o alarme repetir, como estiver definido na recorrência principal, todas as sub-repetições activas que iniciaram na recorrência anterior são automaticamente canceladas.

Outros Controlos

Para os alarmes visíveis, a opção Confirmar a recepção permite-lhe indicar se será notificado da confirmação quando fechar a janela da mensagem de alarme. Isto poderá ser usado como salvação para uma confirmação acidental dos alarmes.

Seleccione a opção Mostrar no KOrganizer para adicionar o alarme ao calendário activo do KOrganizer, onde ele irá aparecer como um evento sem alarme. Esta opção permite-lhe registar os alarmes no KOrganizer, tirando à mesma partido das funções do KAlarm.

Nota

Se quiser modificar ou remover posteriormente o alarme no KAlarm, o evento do KOrganizer será modificado ou removido por consequência. Contudo, se modificar o evento no KOrganizer, o alarme no KAlarm não será afectado.

Carregue no botão Carregar um Modelo para seleccionar um modelo com o qual preencher a janela, tal como descrito em Criar e Manipular Alarmes.

Carregue no botão Testar para exibir o alarme e verificar se funciona correctamente. O alarme é executado da mesma forma como se tivesse sido agendado da forma normal. No caso de um alarme de áudio, carregue no botão Testar uma segunda vez para parar de tocar o ficheiro de som.

Carregue no botão OK quando todos os detalhes estiverem correctos para adicionar o alarme à lista agendada. Lembre-se que, ao editar um alarme existente, o botão OK fica desactivado enquanto não fizer nenhuma alteração.